Seguidores

quarta-feira, 11 de maio de 2011

doutrina da reforma

Aqui quero compartilhar o que é a doutrina da reforma...especificamente começando pelo sacerdócio universal dos cristãos...
cada cristão é sacerdote (nota: não há "sacerdotisas"!!!)
logo, ao estarem dois ou três cristãos reunidos em nome do Senhor Jesus,
aí está a Igreja...mas, as chaves dadas pelo Senhor a cada cristão são idênticas em poder, pelo que cada um deles têm o privilégio/dever de pregar a palavra e ministrar os sacramentos...assim, teoricamente cada um deles poderia querer pregar no culto (ou batizar ou celebrar a Santa Ceia)...a reunião viraria uma bagunça...para que isso não aconteça, seguindo a diretriz paulina "faça-se tudo decentemente e em ordem", esses sacerdotes devem se reunir, e buscando a orientação do Senhor, delegar o poder das chaves a um dentre eles, a quem o próprio Senhor chamou, o qual passará a partir desse momento a ser chamado de "pastor" (esse é o "um entre iguais" da reforma)..
Esse pastor é responsável pelos que lhe entregaram as suas chaves, é pastor deles e para eles (detém o Ofício das Chaves ou Ofício Pastoral), prega e ministra os sacramentos DE MANEIRA PÚBLICA (o que implica que os outros sacerdotes, continuam a ser sacerdotes nos seus respectivos lares, ministrando a Palavra para as suas esposas e filhos!!!)
Por isso, quando num culto em que a Ceia Cristã é servida AOS MEMBROS dessa congregação, quem não é membro da mesma, embora seja um verdadeiro cristão, não pode participar do sacramento, pois ele tem as suas chaves entregues nas mãos de um outro sacerdote (seu pastor), num outro lugar (na sua congregação)...
Muitos há que não entendem a simplicidade desta doutrina e reagem com rancor perante a negativa do pastor local de lhes ministrar a Santa Ceia...(que é chamada “comunhão fechada” = só para os membros)

Isto é o que nós, da Igreja Cristã da Reforma Luterana, cremos e praticamos.