Seguidores

terça-feira, 25 de maio de 2010

memorizar versículos bíblicos

Ajudas para memorizar fatos bíblicos e localizar versículos selecionados, capítulos, ensinos, etc.
Nota: Duas das melhores ajudas para a memorização são a repetição (re-pe-ti-ção) e a associação.
Para memorizar a localização de versículos importantes é de grande ajuda estar ao par das coincidências. Por exemplo, "os 3:16". A memória pode ser ajudada pela associação desta grande promessa com outros 3:16 que ocorrem nas Escrituras.
João 3:16 trata da maior promessa da Bíblia.
Provérbios 3:16, o imenso valor da sabedoria
Malaquias 3:16, as possessões preciosas do Senhor
Lucas 3:16, os dois batismos
Atos 3:16, o nome poderoso
I Coríntios 3:16, o templo do Espírito Santo
Colossenses 3:16, a Palavra de Deus mora no cristão
I Timóteo 3:16, o mistério da piedade
II Timóteo 3:16, o valor das Escrituras.
Os 2:10 de Jesus.
Lucas 2:10, o portador de gozo;
Efésios 2:10, o edificador do caráter;
Filipenses 2:10, o nome adorável;
Colossenses 2:10, o consumador da vida;
Hebreus 2:10, o capitão da nossa salvação;
Apocalipse 2:10, o outorgador de coroas.
0s 4:13 - os dons de Jesus:
Jo 4:13-14, satisfação;
Atos 4:13, transformação;
Efésios 4:13, inspiração;
Filipenses 4:13, poder;
I Tessalonicenses 4:13-14, consolação.
Algumas destas séries de textos ajudará à memória.
Atenção: o uso excessivo delas pode causar confusão.
Outras coincidências: O capítulo sete de Gênesis contém referências às águas da morte, enquanto no capitulo sete de João Jesus fala da água da vida, (v. 37).
Os capítulos das grandes admoestações podem ser facilmente associados pelo fato de serem o número três: Jeremias 23, Ezequiel 33, e Mateus 23.
Todos contêm admoestações a líderes religiosos.
Ultimas palavras, registradas:
De Jesus (sobre o poder), Atos 1:8.
De Tiago (sobre ganhar almas), Tiago 5:20.
De Pedro (sobre o crescimento), II Pedro 3:18.
De Judas (sobre o Apoio Divino), Judas 24-25.
De João (sobre a Graça Divina), Apocalipse 22:21.
Máximas para memorizar:
Terminar a obra da vida, João 17:4.
Estudantes da Bíblia, II Timóteo 2:15.
Mesa, I Corintios 10:31.
Pensamento, Filipenses 4:8.
Fazer planos, Tiago 4:15.

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Como ler a Bíblia

1. LEIA A BÍBLIA COM UM DESEJO SINCERO DE ENTENDÊ-LA. Não se contente apenas com a leitura das palavras das Escrituras. Procure assimilar a mensagem que elas contêm.
2. LEIA AS ESCRITURAS COM HUMILDADE E FÉ SIMPLES, SEMELHANTE A UMA CRIANÇA. Creia naquilo que Deus revela. A razão tem de se prostrar à revelação de Deus.
3. LEIA A PALAVRA DE DEUS COM UM ESPÍRITO DE OBEDIÊNCIA E AUTOAPLICAÇÃO. Aplique a si mesmo aquilo que Deus fala nas Escrituras e obedeça-Lhe em todas as coisas.
4. LEIA AS ESCRITURAS TODOS OS DIAS. Rapidamente perdemos a energia e o fortalecimento que recebemos do pão de cada dia. Temos de alimentar nossa alma diariamente do maná que Deus nos tem dado.
5. LEIA TODA A BÍBLIA DE MANEIRA ORDENADA. “Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil.” Não conheço qualquer outra maneira melhor de lermos a Bíblia do que começarmos em Gênesis e lermos até Apocalipse, uma porção a cada dia, comparando Escritura com Escritura.
6. LEIA A PALAVRA DE DEUS COM SINCERIDADE E HONESTIDADE. Como regra geral, qualquer passagem da Escritura significa o que ela parece significar. Interprete cada passagem desta maneira simples, em seu contexto.
7. LEIA A BÍBLIA SEMPRE TENDO EM VISTA A PESSOA DE CRISTO. Toda a Bíblia fala a respeito dEle. Olhe para Cristo em todas as páginas da Bíblia. Ele se encontra ali. Se você deixar de vê-Lo em uma das páginas da Bíblia, precisará ler novamente aquela página.
Por J.C. Ryle.
Revisado pelo Rev. Gustavo Pereyra

quinta-feira, 13 de maio de 2010

A Missao da Igreja

A missão da igreja não é reformar o mundo, nem erradicar as suas práticas más.
Nosso único propósito é pregar o evangelho de Cristo. Se homens e mulheres chegarem a amar o Salvador, não há dúvida de que a conduta exterior deles será transformada. As seguintes palavras foram ditas por John Newton em uma conferência de pastores, em janeiro de 1778. Ele estava falando sobre como a igreja pode realizar transformações morais no mundo. Seus comentários se mostram tão apropriados hoje como o foram na sua época.
“O evangelho de Cristo, o glorioso evangelho do Deus bendito, é o único instrumento eficaz para transformar a humanidade. O homem que possui e sabe como utilizar esta grande e maravilhosa ferramenta, se posso fazer esta comparação, conseguirá facilmente aquilo que, de outro modo, seria impossível. O evangelho remove as dificuldades intransponíveis à capacidade humana: faz o cego ver e o surdo ouvir; amolece o coração de pedra; ressuscita aquele que estava morto em ofensas e pecados para um vida de retidão.
Nenhuma outra força, exceto a do evangelho, é suficiente para remover os imensos fardos de culpa de uma consciência despertada; para aquietar o ardor de paixões incontroláveis; para levantar uma alma mundana atolada no lamaçal da sensualidade e da avareza, para uma vida divina e espiritual, uma vida de comunhão com Deus.
Nenhum sistema, exceto o evangelho, é capaz de transmitir motivos, encorajamentos e perspectivas suficientes para resistir e frustrar todas as armadilhas e tentações com as quais o espírito deste mundo, com suas carrancas ou com seus sorrisos, se esforça para intimidar e afastar-nos do caminho do dever. Mas o evangelho, entendido corretamente e recebido com alegria, trará vigor ao desanimado e coragem ao temeroso. Tornará generoso o mesquinho, moldará a lamúria em bondade, amansará a fúria de nosso íntimo.
Em resumo, o evangelho dilata o coração egoísta, enchendo-o com um espírito de amor para com Deus, de obediência alegre e irrestrita para com a vontade dEle, bem como de benevolência para com os homens.”

Por John Newton. Tradução por Editora Fiel.